As Diferentes Técnicas de Meditação

Existem muitas técnicas de meditação que você pode usar para sua prática. Elas vão das mais clássicas, sentadas de olhos fechados, até aquelas que envolvem dança ou fazer tarefas do seu dia a dia.


Conhecer várias técnicas é importante para você saber qual é a melhor para você. Isso vai te ajudar a começar a meditar com mais gosto. E se você já medita, é legal conhecer outras técnicas que podem ajudar no seu caminho.


Diferentes técnicas de meditação já foram documentadas praticamente em todas as civilizações, hoje em dia você pode encontrar na Igreja Católica, em templos Budistas, nos terreiros, dentro de empresas, em espaços públicos, escolas e até no seu celular.


Para começar a falar das técnicas vou primeiro definir O que é Meditação.



O que é Meditação


Honestamente, vale fazer um post só sobre essa definição, afinal cada escola vai falar uma coisa diferente, mesmo assim eu vou tentar ser bem objetivo aqui e depois a gente volta nesse assunto.


Meditação em si, pode ser considerado como o estado que chegamos com a prática meditativa, portanto definir esse estado não é o ideal porque a experiência é muito pessoal e subjetiva. Tem gente que relata se sentir no vazio e tem outras que relatam se sentir parte do todo… complicado, mas quem já alcançou esse estado alguma vez sabe do que eu to falando. Por isso vou focar aqui na prática meditativa e não no estado.


Então, para usar a definição da academia, a prática meditativa pode ser uma prática de “atenção focada”, que pode ser num objeto, imagem, respiração ou num som, como um mantra por exemplo. O outro tipo é uma prática de “monitoramento aberto”, onde você só observa o que está acontecendo ao seu redor sem reagir ou julgar.


Agora já sabemos o que é meditação, vamos para as técnicas.